26 de julho de 2012

AINDA ´É TEMPO


AH!  COMO VOCÊ MUDOU!
Aquela  jovem de 20 anos  , recém formada em professora primária, natural de uma cidade interiorana , que não tinha ainda nem energia elétrica, casou-se com o primeiro namorado, tendo no primeiro ano de vida conjugal o primeiro filho.
Tudo tão rápido em sua vida,tantos desafios e em um ano descobre-se que não é a mesma.
Por outro lado o marido ciumento e possessivo  começa a maltrata-la  por um motivo apenas: Você mudou. Você não é mais a mesma pessoa. Você não me dedica  a mesma atenção.
Cada dia as cobranças aumentavam,  sendo motivo de discórdias.
A esposa tentava ser a mesma de  anos passados  e em sua inocência e deslumbrada com um novo momento de esposa e mãe,não percebia sua nova maneira de ser e viver.
Só que ela mudou e qualquer ser humano mudaria.Afinal sua atenção estava dividida entre filhos , casa, trabalho e outras obrigações.
Ela mudou e ele também , só que a cobrança vinha dele  porque o seu grau de egoísmo eram muito grande e centrado em sua pessoa , como se fora o rei do pedaço não aceitava que os tempos eram outros.
Todos nós mudamos. Todos nós nos transformamos a cada dia  assim como nossas células mudam e se renovam a cada instante.
Exigir que o parceiro continue imutável é  inconcebível Tudo que estagna termina morrendo.A água apodrece, os organismos vivos também morrem.
A mudança é inevitável , entretanto deve ser para melhor.
É preciso aceitar que as pessoas com as quais convivemos  diariamente mudam , como nós também estamos no mesmo processo.


Nenhum comentário:

Arquivo do blog