9 de março de 2012

PARA REFLETIR


Abandone tentação de se sentir injustiçado o tempo todo. Nem tão pouco queira que as atitudes de quem lhe rodeia tenham a medida que você julga ideal.
Não encare a vida como um enfrentamento constante. Não é medindo forças que se vence todas as batalhas.
Não se acomode ao ponto de justificar suas dores no rancor contra quem o agride.
A vida não quer lhe derrubar, quer vê-lo mais forte depois da queda. A vida sempre convida ao beijo ou ao esbofeteio, ao abraço ou ao soco, à doença ou a cura, à riqueza ou a pobreza. Só desafios.
Dê mais atenção ao seu ideal. Ame-o como amaria sua ultima hora de vida.
(Fábio Dummer)


Nenhum comentário:

Arquivo do blog