4 de maio de 2012

MATANDO AS SAUDADES

Estivemos ausentes do blog esta semana .Afinal já é um hábito acordar e vir conversar com vocês.
Entretanto , como na vida tudo passa, estou de volta e segunda feira assumo novamente os programas que faço na Rádio Juazeiro.
Eu sei que dentre nossos ouvintes alguém ligou o rádio e sentiu falta de nossas mensagens , do carinho que enviamos, dos beijos no coração. Essa amizade virtual  me faz bem e é combustível para novo entusiasmo , e coragem para contribuir nem que seja,uma gota na diminuição do sofrimento  de quem nos procura.
O ano tem sido de provações. Até agora Deus não nos faltou e tem nos dado forças. 
A seca nos preocupa porque a natureza está sofrendo. O meu povo do sertão, meus patrícios, irmãos nordestinos , baianos do norte , baianos que aprenderam a esperar a chuva mesmo quando em algum ano ela resolve  não vir.
A Paciência é nossa companheira. A esperança  nunca morrer e com os olhos no céu, quer numa noite bela como esta , noite de lua cheia , ou quando apenas as estrelas nos visitam , no coração, bate a saudade de ouvir o canto da chuva  tamborilando no telhado.
Esta noite estou com uma saudade enorme da irmã chuva . 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog